Cuiabá, 19 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2022, 10:35 - A | A

Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2022, 10h:35 - A | A

VIOLÊNCIA

Apresentador é demitido de emissora após denúncia de agressão à esposa

Da Redação

O apresentador Lucas Ferraz, da TV Vale, afiliada da Record em Tangará da Serra, foi afastado da emissora após ser denunciado por supostamente agredir sua esposa na noite deste sábado (17), em uma confraternização. A briga teria sido motivada por ciúmes. No entanto, o apresentador usou as redes sociais para desmentir a história, em um vídeo ao lado da esposa, e diz que as providências já estão sendo tomadas.

Segundo o boletim de ocorrência, a companheira de Lucas deu entrada no hospital com várias lesões. O médico que a atendeu chamou a Polícia e os dois acompanhantes da vítima confirmaram a agressão. Aos policiais, eles disseram que o responsável havia sido o apresentador. Ainda segundo o boletim, Lucas fugiu do local após a agressão.

 

Ainda na noite deste domingo (18), o apresentador publicou um vídeo em seu Instagram, acompanhado da esposa, no qual desmente a situação. Segundo o apresentador, a história de que sua esposa estaria hospitalizada é falsa. Ele ainda afirma que as providências para o esclarecimento do caso já estão sendo tomadas. (Veja o vídeo no fim da matéria).

A redação do Estadão Mato Grosso entrou em contato com a Polícia Militar do Estado de Mato Grosso, que confirmou o boletim de ocorrência registrado contra o apresentador. Também foi informado que não há um boletim de Lucas contra a suposta farsa.

Em nota, a TV Vale anunciou o desligamento de Lucas por conta da suposta agressão.

CONFIRA A NOTA:

O Grupo Agora de Comunicação esclarece que o apresentador Lucas Ferraz não integra mais o quadro de colaboradores da TV VALE, em Tangará da Serra, a partir desta segunda-feira (19).

A decisão foi tomada após uma denúncia feita contra ele, envolvendo violência doméstica contra sua atual esposa neste último final de semana.

A direção-geral adotou o procedimento assim que foi informada, a fim de contribuir com o esclarecimento dos fatos, reiterando sua postura contrária a qualquer tipo de violência, em especial contra a mulher.

Ressaltamos que o enfrentamento a todo tipo de violência contra a mulher é uma pauta fundamental para construção de relações sociais mais justas e igualitárias. Desta forma, reforçamos nosso total repúdio ao ocorrido.

19 de dezembro de 2022

DIRETORIA DO GRUPO AGORA DE COMUNICAÇÃO

 
Cuiabá MT, 19 de Junho de 2024