Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Terça-feira, 19 de Março de 2024, 17:07 - A | A

Terça-feira, 19 de Março de 2024, 17h:07 - A | A

REFORÇO À DIREITA

Felipe Correa se filia no PL apara apoiar pré-candidatura de Abílio

Thiago Portes

O vereador Felipe Corrêa trocou o Cidadania pelo Partido Liberal, com objetivo de apoiar a pré-candidatura do deputado federal Abílio Brunini (PL) à Prefeitura de Cuiabá. O parlamentar confirmou a filiação na manhã desta terça-feira, 19 de março.

Felipe afirmou que seria incoerente com sua trajetória política não apoiar Abílio nas eleições de outubro. Ele também admitiu sua relação de amizade com o deputado federal e disse que tem liberdade para discordar do colega.

“Seria incoerente com a minha trajetória, neste momento, estar em outro lugar. Porque o único partido que está com o Abílio é o PL(...) Abílio é um amigo e o mais legal, tenho a liberdade de discordar dele em algumas coisas. Acho que é natural que a gente possa discordar. Acredito que ele realmente ama a cidade e, pelo menos, com coisa errada não vai me envergonhar”, disse.

O vereador agradeceu os convites da deputada federal Gisela Simona e do secretário-chefe da Casa Civil, que tentavam levá-lo para o União Brasil, e também do presidente do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), o deputado estadual Carlos Avallone.

“Quero agradecer o Marco Marrafon, presidente do Cidadania, que sempre nos tratou muito bem. O Avallone [presidente PSDB]. Tive o convite para ir para o PSDB, acho o partido com uma história fantástica. Sou um grande fã do Dante Martins de Oliveira. Também a Gisela e o Fábio, pelo convite para ir para o União com eles”, afirmou.

Ao ser questionado se seria incoerente se declarar um democrata e estar no mesmo partido que o ex-presidente Jair Bolsonaro, que é investigado por, supostamente, tramar um golpe de Estado para permanecer no poder, Felipe afirmou que seu novo caminho será "um grande desafio".

Além disso, ele se declara fã do ex-governador Dante Martins de Oliveira, que ficou conhecido como um dos líderes do movimento pelo retorno das eleições diretas para presidente da República, as Diretas Já.

“Eu sou um democrata. Então, para mim é um grande desafio. Seguirei sendo um democrata que entende que as instituições são fundamentais para a democracia”, resumiu.

 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024