Cuiabá, 21 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Sábado, 03 de Dezembro de 2022, 15:46 - A | A

Sábado, 03 de Dezembro de 2022, 15h:46 - A | A

A MAMATA NÃO VAI ACABAR

População não quer responder ao Censo para não perder auxílios, diz deputado de MT

Da Redação

O deputado estadual Nininho (PSD) alertou aos prefeitos que os municípios podem perder arrecadação com a resistência da população em responder o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que não era realizado há mais de dez anos no país. É a partir desses dado que políticas públicas e distribuição de recursos, como o Fundo de Participação dos Municípios (FPM), são definidas. O alerta foi feito em entrevista na última quinta-feira (1º), na Associação dos Mato-grossense dos Municípios (AMM).

De acordo com o Nininho, que já foi prefeito de Itiquira por três mandatos, muitas pessoas não querem responder ao Censo por medo de perder benefícios do governo federal. Isso porque, segundo o político, teriam mentido sobre a renda para se adequar ao programa e ter acesso aos benefícios. Como o Censo é um levantamento completo, isso poderia ser cancelado.

 

“A população não quer falar, não quer ser entrevistada, porque vai se contradizer com o que ele falou para receber o benefício do governo”, disse o deputado, que acrescenta que o Censo é uma pesquisa extremamente completa e isso poderia ‘pegar no pulo’ quem mentiu para receber os auxílios governamentais.

Ainda de acordo com o deputado, os municípios não estão conseguindo convencer a população a responder o Censo. Alguns municípios estão tentando, pelo menos, conseguir atingir o mesmo número atual, sendo que alguns políticos estão disponibilizando uma estrutura a mais para os recenseadores realizarem o trabalho.

“O Censo é um cadastro extremamente completo, ele é muito detalhado. A pessoa não vai conseguir burlar o cadastro, de uma forma ou outra ele será pego com as informações que vão estar no cadastro e isso está trazendo um problema muito sério”, alertou.

 
 
Cuiabá MT, 21 de Junho de 2024