Cuiabá, 22 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 20:05 - A | A

Quinta-feira, 20 de Junho de 2024, 20h:05 - A | A

MERA FORMALIDADE

Rosana diz que é obrigada a apoiar Dorner e desconversa sobre voto em prefeito

Da Redação

A senadora em exercício Rosana Martinelli (PL) não garantiu voto no pré-candidato de seu partido em Sinop, o prefeito Roberto Dorner. Em conversa com jornalistas nesta quinta-feira, 20 de junho, Rosana disse que irá seguir a recomendação do presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto, e não irá pedir voto para outro candidato.

“Ele é o candidato do PL e a determinação do Valdemar, nosso presidente, é que nós não podemos gravar qualquer tipo de pronunciamento a não ser para os candidatos do PL”, disse.

Questionada por jornalistas se iria votar em Dorner, Rosana apenas riu e encerrou a entrevista.

A filiação de Dorner ao PL foi marcada por controvérsias. Até então, a candidata do partido seria a empresária Mirtes Grota, que já havia inclusive recebido apoio - em vídeo e ao vivo - do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Entretanto, 'do dia para noite', o atual prefeito Roberto Dorner se filiou ao PL com apoio do presidente nacional da sigla, Valdemar Costa Neto, fazendo com que Grotta migrasse para o Partido Novo às pressas, antes do fim da janela partidária. Grota faz oposição ferrenha a Dorner e já havia dito publicamente que não aceitaria estar no mesmo grupo político que o prefeito.

Em abril, Bolsonaro esteve em Sinop e desfilou com Mirtes Grota pelas ruas na carroceria de uma caminhonete, deixando claro o apoio ‘informal’ à pré-candidata do Novo. Na ocasião, Dorner foi impedido de subir na picape em que Bolsonaro viajava, passando por uma situação ‘vexatória’.

 
Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024