Cuiabá, 20 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Brasil Sexta-feira, 15 de Março de 2024, 15:13 - A | A

Sexta-feira, 15 de Março de 2024, 15h:13 - A | A

SUMIU NO MAPA

Noivo desaparecido há 4 dias faz contato com a família e cancela casamento

g1

O desenhista Marcelo Lucas Araújo Mariano, de 23 anos, que desapareceu na segunda-feira (11), a poucos dias do casamento, fez contato com a família informando que está bem, mas tanto o casamento no civil, que aconteceria nesta sexta-feira (15), como a cerimônia religiosa, que aconteceria no sábado (16), estão cancelados, segundo a família.

O pai do jovem, Lucimar da Silva Mariano, disse que o noivo entrou em contato com a família três dias após sair de casa para trabalhar. Ele enviou mensagens escritas e áudio para a mãe, por volta de 17h30.

De acordo com a mãe, Rosane da Silva, além de dizer que estava bem, o filho pediu um tempo, não informou o motivo do desaparecimento.

Rosane contou que fez um novo contato com Marcelo nesta quinta-feira (14), como ele não respondeu, a mulher resolveu ir a delegacia pedir que as buscas pelo rapaz não fossem interrompidas. "Meu coração está cortado, não consigo fazer nada desde o dia em que ele sumiu. Quero encontrá-lo!".

Ainda segundo a mãe, Marcelo também faz contato com a noiva, com a qual tem um relacionamento há dois anos. Tanto o casamento no cartório como a cerimônia estavam com todos os detalhes ajustados e um churrasco seria feito para celebrar a união.

O jovem é morador do interior de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. Marcelo saiu de casa na noite de domingo (10) para um trabalho, informando que retornaria no dia seguinte, o que não aconteceu. A família estranhou o comportamento e denunciou o desaparecimento à polícia.

Atrás de qualquer tipo de notícia do filho, além do registro na delegacia, os pais chegaram a fazer e compartilhar cartazes, com a foto e o pedido de informações sobre o caso.

Relembre o caso

A família de Marcelo Lucas Araújo Mariano, de 23 anos, busca informações sobre o desenhista desde o começo da semana, quando o morador de Itaoca Pedra, distrito do interior de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, saiu de casa na noite de domingo (10) e não retornou.

Rosane da Silva, mãe do jovem, disse que Marcelo saiu de casa por volta das 20h40, vestindo uma camisa verde e com uma bolsa marrom. "Ele levou o tablet, o celular e falou que iria em Cachoeiro para fazer um trabalho. Ele é desenhista, faz pinturas. Me disse que iria voltar na segunda", contou.

"Marcelo já fez tratamento para depressão, mas já aparentava estar muito bem. Além disso, não tem problema com ninguém", disse Rosane.

 
Cuiabá MT, 20 de Maio de 2024