Cuiabá, 23 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Economia Sexta-feira, 28 de Outubro de 2022, 10:52 - A | A

Sexta-feira, 28 de Outubro de 2022, 10h:52 - A | A

PAIXÃO NACIONAL

Donos de bares investem pesado para receber torcedores durante a Copa do Mundo

Da Redação

Os fãs do futebol já iniciaram a contagem regressiva para a Copa do Mundo do Catar, que se inicia em pouco mais de 3 semanas, no dia 20 de novembro. Quem também tem se preparado são os empresários do ramo do entretenimento, principalmente donos de bares e restaurantes, que se organizam para receber os torcedores ávidos em acompanhar as transmissões dos jogos junto de seus amigos.

O empresário Elson Ramos, do tradicional Ditado Popular, por exemplo, reformou todas as suas unidades, além de estar concluindo o Ditado de Primavera do Leste, que deve ser inaugurado para os jogos da Copa. Para garantir o conforto dos torcedores, o empresário mandou instalar ar-condicionado em todos os estabelecimentos.

 

“A gente está confiante que teremos uma Copa do Mundo com números muito agradáveis. O nosso mercado está bem aquecido mesmo. Tanto é que eu comando hoje, diretamente, sete operações do ramo de bares e restaurante”, afirma o empresário, em entrevista ao Estadão Mato Grosso, ressaltando que todos os estabelecimentos já estão com painéis LED e TVs.

O setor também espera um aumento significativo do consumo de alimentos e bebidas. O estímulo é providencial para ajudar na retomada do setor, que foi duramente penalizado durante a pandemia, quando os estabelecimentos foram obrigados a manter as portas fechadas por meses a fio. Além disso, o setor conta com uma economia mato-grossense aquecida, o que contribui para maior circulação de dinheiro.

“Estamos preparadíssimos, fizemos reformas em todas as casas, justamente visando a Copa do Mundo. A gente está preparado com estoque, com bebida e comida, para a gente receber toda essa clientela de todos os cantos aqui de Mato Grosso”, garante o empresário.

O empresário Gian Castrillon, sócio do Baronês, afirma que também já garantiu o estoque para a Copa, principalmente das cervejas produzidas pela Ambev, por considerar que Mato Grosso é ‘brahmeiro’. O empresário também afirma contar com a economia de Mato Grosso ‘em outro patamar’ para alavancar o consumo.

“A expectativa é das melhores possíveis. Já tivemos várias reuniões com a Ambev, que está se preparando. Cuiabá e Mato Grosso, são um uma cidade e um estado ‘brahmeiro’, onde o índice de consumo da Ambev é muito alto”, conta Gian.

Apesar de essa ser a primeira Copa do Mundo do restaurante, alguns ‘testes’ já foram feitos, como na final da Copa do Brasil, quando Flamengo se sagrou campeão, além do primeiro turno das eleições. Apesar de novo, o Baronês está localizado em uma das esquinas mais tradicionais de Cuiabá, onde funcionava o Getúlio Grill, no cruzamento da Avenida Getúlio Vargas com a Av. São Sebastião.

“Para os bares e restaurantes, acaba aquecendo as vendas. Melhora pela força do momento eleitoral. Então, já estamos preparados para receber a Copa do Mundo da melhor forma possível. Vai ser a nossa primeira Copa, mas já estamos preparados com relação a bebida, petiscos, estrutura física e ares-condicionados para esperar o público”, afirma.

 
Cuiabá MT, 23 de Junho de 2024