Cuiabá, 18 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Geral Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 17:33 - A | A

Terça-feira, 08 de Novembro de 2022, 17h:33 - A | A

NOVO GOVERNO

Fávaro vai compor equipe de agricultura durante transição

Gláucio Nogueira | Assessoria de Imprensa

A bancada do PSD no Senado indicou o senador Carlos Fávaro como um dos integrantes do partido a fazer parte da equipe de transição do governo do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A definição ocorreu durante reunião realizada nesta terça-feira (08.11), em Brasília. O PSD conta atualmente com 12 senadores e deverá integrar a base de apoio do petista no próximo mandato.

 

Além de Fávaro, o PSD indicou os senadores Omar Aziz (AM), Otto Alencar (BA) e Alexandre Silveira (MG). Paralelo a isso, o PSD vai apoiar a reeleição do senador Rodrigo Pacheco, também filiado ao PSD, para a presidência do Senado. “Definimos hoje importantes aspectos para a próxima legislatura. A primeira delas é o apoio à candidatura do colega Rodrigo Pacheco, o que será comunicado por ele ao presidente Lula e ao vice-presidente Geraldo Alckmin [do PSB]”. Para o Conselho Político, o PSD vai indicar o deputado federal Antônio Brito.

Depois da definição do partido quanto aos nomes que integrarão a equipe de transição, Fávaro participou de uma reunião com Alckmin, que convidou o parlamentar de Mato Grosso para atuar na equipe temática que cuidará da Agricultura na equipe de transição. “Agora, indicaremos cinco nomes, das mais diversas áreas da agricultura e regiões brasileiras para trabalhar diretamente nas medidas que precisam ser tomadas para implementar as propostas apresentadas”, explicou senador.

Fávaro destacou que a intenção é aperfeiçoar os compromissos firmados durante a campanha para o setor, um conjunto de 14 propostas elaboradas por ele, pelo deputado federal Neri Geller (PP) e pelo produtor Carlos Ernesto Augustin. “Tudo será definido sempre dentro do plano que fizemos. É isso que será colocado em prática”.

 
Cuiabá MT, 18 de Junho de 2024