Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Geral Quarta-feira, 29 de Maio de 2024, 09:38 - A | A

Quarta-feira, 29 de Maio de 2024, 09h:38 - A | A

SARGENTO ASSASSINADO

Mauro lamenta crime covarde contra PM; secretário promete punição rigorosa

Da Redação

O governador Mauro Mendes (União) lamentou a morte do sargento PM Odenil Alves Pedroso, de 47 anos, em Cuiabá, na tarde terça-feira (28). Em nota, o Governo do Estado afirmou que o crime “não passará impune”.

Odenil prestava serviço na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro quando um motociclista passou pelo local e disparou contra o policial, que foi atingido na cabeça. Odenil foi socorrido e submetido a cirurgia no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), mas não resistiu.

O governador e a primeira-dama Virginia Mendes externaram profundo pesar pela morte do policial.

"Um crime covarde que nos deixou muito consternados. Que Deus possa colocar suas mãos sobre os familiares, amigos e colegas de farda e dar o conforto necessário nessa hora tão difícil", afirmaram.

O secretário de Estado de Segurança Pública, César Roveri, afirmou que as forças de segurança estão empenhadas em localizar e prender o assassino.

"Um crime absurdo como esse não passará impune. Estamos trabalhando para encontrar e prender esse assassino, que responderá por esse ato criminoso na justiça", disse Roveri.

Odenil era lotado no 3º Batalhão da Polícia Militar em Cuiabá. Ele era natural de Rosário Oeste (104 km de Cuiabá) e ingressou na corporação em 1998.

As informações sobre o velório e sepultamento serão divulgadas pelos familiares.

 
Cuiabá MT, 24 de Junho de 2024