Cuiabá, 13 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 10:40 - A | A

Quinta-feira, 29 de Dezembro de 2022, 10h:40 - A | A

ANDERSON BOTTI

O sono não deve comprometer seus projetos para 2023

Anderson Botti

2023 está chegando e é importante incluir na lista de metas a melhoria da qualidade do sono a fim de que eventuais distúrbios não comprometam seus objetivos pessoais e profissionais para o novo ano.

Muitas pessoas sofrem com distúrbios do sono e nem se dão conta de o quanto isto implica na sua qualidade de vida. Mas, o que são distúrbios do sono? É um conjunto de diferentes doenças e condições capazes de afetar o sono dos pacientes, impedindo-o por completo de dormir ou tornando o sono insuficiente, ou seja, mesmo quando o paciente dorme, ele não consegue se sentir descansado ou mesmo recuperado.

 

É fato que o ritmo agitado da vida moderna tem feito a população dormir cada vez menos. Entre os distúrbios do sono mais comuns estão a insônia, o ronco e a apneia.

Também já é consenso que a qualidade do nosso sono está intimamente relacionada à nossa qualidade de vida. Ou seja, mais do que comprometer as noites de descanso, esses distúrbios podem efetivamente impactar nossa saúde física, cognitiva e emocional ou ainda serem sinais de doenças bem mais complexas.

Diversos estudos já comprovaram que a falta de sono aumenta riscos em cardiopatas e piora crises em portadores de dor crônica. Por outro lado, uma noite bem dormida pode reduzir o risco de obesidade e hipertensão, além de proteger contra o declínio cognitivo relacionado às demências.

O sono reparador também é associado à diminuição das taxas de depressão e à regulação de várias funções, sejam elas físicas ou mentais, que garantem a vitalidade geral do nosso organismo. Dessa forma, dormir bem ao longo da vida é também essencial para um envelhecimento saudável.

É durante o sono que o nosso organismo se restaura, equilibrando a produção de hormônios, fortalecendo a imunidade e fixando o aprendizado. A privação do sono pode atrapalhar desde o desempenho físico à produtividade no trabalho até às relações sociais.

Tipos de distúrbios do sono

Entre os principais tipos de distúrbio do sono, podemos destacar:
• insônia;
• apneia do sono;
• paralisia do sono
• sonambulismo;
• síndrome das pernas inquietas;
• bruxismo;
• narcolepsia;.

Causas

De modo geral, existem muitas causas para os distúrbios do sono. Uma das principais é o estresse. Pacientes que trabalham sob pressão podem apresentar, por exemplo, distúrbios do sono como a insônia e o bruxismo (ranger os dentes durante a noite).

Insônia e sonambulismo também podem ser causados devido ao efeito colateral de alguns medicamentos. Uma das principais causas da apneia do sono é o excesso de peso.

Já a síndrome das pernas inquietas e a narcolepsia são causadas por desordens neurológicas.

Sintomas

Podemos destacar como sintomas ou sinais dos distúrbios do sono os seguintes sintomas:

• Dificuldade de pegar no sono à noite;
• Cansaço e sonolência durante o dia;
• Irritação constante;
• Falta de concentração;
• Ansiedade;
• Depressão;
• Roncar durante à noite;
• Mesmo ao dormir durante a noite, acordar cansado e sem a sensação de ter dormido o suficiente;
• Dor de cabeça.

Diante de sintomas, é importante recorrer a um especialista para que exames clínicos e especializados possam dar o devido diagnóstico e para que seja adotado o melhor tratamento e elevar a sua qualidade de vida, muito necessária para que todos nós possamos correr atrás de nossos objetivos de vida e realizá-los.

Dr. Anderson Santos Botti é otorrinolaringologista no Instituto do Sono e Otorrino de Mato Grosso

 
Cuiabá MT, 13 de Junho de 2024