Cuiabá, 24 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Opinião Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 07:03 - A | A

Terça-feira, 21 de Maio de 2024, 07h:03 - A | A

ZENAIDE BRIANEZ

Quatro fatores devem ser levados em consideração na hora de escolher o melhor ensino de inglês

Zenaide Brianez*

Ter fluência em um segundo idioma, especialmente o inglês, pode aumentar em até 70% o salário para vagas de emprego e diferentes posições. Essa perspectiva tem feito aumentar a procura pelos cursos de inglês, seja para adultos, crianças ou adolescentes. Porém, com tantas metodologias e estilos disponíveis, como selecionar o que é mais adequado às necessidades de cada um?

Em quase 40 anos de ensino de língua inglesa identifiquei quatro elementos que devem ser analisados com minúcia, tanto pelos pais, quanto pelos adultos na hora de optar por uma instituição.

Um dos fatores que devem ser analisados é a metodologia. Por exemplo, se o aluno será apenas um ouvinte do conteúdo ministrado ou se a escola proporciona interação, estimulando a criatividade e o pensamento crítico. Essa segunda opção, confirmada por estudos e pesquisas internacionais, apresenta resultados muito melhores para a fluência de uma segunda língua. Além do mais, respeitar o tempo de aprendizado também é essencial e, assim como nossa língua materna, o Português, aprender um segundo idioma também leva tempo. Quando se fala sobre aprender inglês em 6 meses, deve-se ter em mente que esta metodologia não cria uma base sólida, resultando em um inglês incompleto e que não atende a todas as necessidades de comunicação num contexto real.

Outro item que deve ser checado é a reputação acadêmica da instituição, visto que muitas escolas oferecem inglês, mas não possuem certificações internacionais que garantem a qualidade da educação ali praticada. Deve-se averiguar essas certificações para mais tarde não haver surpresas desagradáveis ao descobrir que o curso escolhido não tem a certificação adequada e exigida para se cursar uma faculdade ou especialização no exterior.

O Instituto da Língua Inglesa (ILI), por exemplo, possui certificação pela Universidade de Cambridge, uma das mais renomadas do mundo. Os professores do corpo docente do ILI possuem essa qualificação em seu currículo e estão aptos a auxiliar os alunos para realizar estes exames, preparando-os para as oportunidades que uma certificação internacional pode trazer.

Um terceiro elemento relevante é a proporção de alunos por professor. No ILI temos a proposta de turmas pequenas para que cada estudante possa ser atendido de forma personalizada, esclarecendo as dúvidas já durante a aula. Fato que não ocorre em salas de aulas com turmas grandes, com 30 alunos ou mais.

Por último, mas não menos importante, é preciso analisar os recursos oferecidos, sejam eles tecnológicos, material didático e tipos de aulas que são ministradas.

Analisando apenas esses quatro fatores é possível tomar a decisão mais acertada para aprender o inglês com uma base sólida para o sucesso acadêmico e pessoal. Isso porque, escolher uma escola vai além de cada ano de ensino e pode definir o futuro desse estudante.

*ZENAIDE BRIANEZ é formada em Letras, mestre em Educação com mais de 40 anos de experiência e diretora pedagógica da InternationalSchoolof Cuiabá

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 24 de Junho de 2024