Cuiabá, 21 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Terça-feira, 07 de Maio de 2024, 18:36 - A | A

Terça-feira, 07 de Maio de 2024, 18h:36 - A | A

BUSCA EM ANDAMENTO

Delegado: chance de encontrar professor desaparecido com vida é pequena

Da Redação

O delegado Roberto Amorim, da Delegacia Especializada de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP), explicou que está investigando um possível latrocínio no caso do professor Celso Odinir Gomes, de 60 anos, desaparecido há 4 dias, em Cuiabá. Em conversa com a imprensa nesta terça-feira, 7, o delegado disse que as chances de o encontrar com vida são pequenas. Celso desapareceu quando estava indo para uma chácara na região do Santo Antônio.

“Queremos encontrá-lo vivo para que possamos entregar para a família, vivo, mas a possibilidade é muito pequena”, disse.

Policiais militares encontraram em uma região de mata, próximo ao Residencial Itapajé, na manhã desta terça-feira, 7, o veículo que pertence ao professor. O carro Gol estava abandonado e sem sinais de que o professor foi retirado do carro.

O delegado explicou que até o momento não identificou se Celso tenha parado em algum supermercado para comprar mantimentos e levar para a chácara que estava indo, como de costume. Os investigadores buscaram imagens de seguranças por supermercados da região que Celso normalmente pararia, mas não foram encontrados indícios de que ele tenha passado por lá.

“Nesse momento de ele ter parado em algum lugar alí do Parque Cuiabá para comprar algumas coisas, ele parou, ou ele parou e na hora que foi atender o telefone o pessoal o abordou. Ou ele ia entrar no supermercado para comprar alguma coisa como ele sempre fazia, a rotina dele era essa”, disse.

Apesar de estar buscando por Celso em vário locais de Cuiabá, o delegado revelou que os pertences dele foram encontrados em locais diferentes, revelando, talvez, uma tentativa dos bandidos de dificultar o trabalho dos policiais.

“Acreditamos que as pessoas que pegaram ele, que estavam com ele, porque jogaram só os cartões no local [Parque Cuiabá], encontramos outros documentos em outro local e o carro em outro local [Residencial Itapajé]. Eu acho que esses modus operandi é para despistar a polícia”, explicou.

ENTENDA

Celso Odinir Gomes, professor de 60 anos do Colégio Salesiano Santo Antônio, está desaparecido desde a última sexta-feira (03) após sair de sua residência, no bairro Dom Aquino, em Cuiabá, com destino ao município de Santo Antônio de Leverger, onde iria passar o final de semana na casa que possuía no município. Celso dirigia um Gol G7 branco, de quatro portas e placa QCD-4202. Seu último contato foi com o amigo que ele iria visitar.

O carro de Celso, segundo informações, foi flagrado por duas vezes na sexta-feira transitando pela Avenida das Torres. O primeiro registro foi feito por volta das 13h09, indo no sentido do Centro e o segundo, foi feito no sentido do bairro Tijucal, por volta das 15h26; contudo, o veículo aparentava estar batido.

 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 21 de Maio de 2024