Cuiabá, 21 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Polícia Sábado, 15 de Outubro de 2022, 12:30 - A | A

Sábado, 15 de Outubro de 2022, 12h:30 - A | A

ESTELIONATO

Homem cai em golpe e entrega S10 paga com cheque sem fundo

Assessoria | Polícia Civil-MT

Uma camionete subtraída por meio de golpe de estelionato foi recuperada pela Polícia Civil, na quinta-feira (13.10), em ação conjunta da Delegacia de Nova Xavantina (645 km a leste da Capital) com apoio de policiais civis de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá).

O proprietário da camionete Chevrolet S-10 anunciou a venda do veículo em uma rede social da internet pelo valor de R$ 150 mil. Uma pessoa, que se identificou como moradora do município de Novo São Joaquim, se mostrou interessada na compra e após negociações, ficou acertado o valor de R$ 135 mil pelo veículo.

 

O pagamento foi realizado por meio de cheque sem fundos, porém a vítima não se atentou que o valor estava bloqueado na conta e entregou a camionete e transferiu o documento para o estelionatário no mesmo dia. O suspeito realizou ainda mais dois depósitos durante a semana para dar tempo de levar a camionete para outra cidade e comercializar o veículo.

A vítima só procurou a Polícia na quinta-feira (06) quando tentou sacar R$ 1 mil na conta e foi informado que não havia saldo. Diante dos fatos, o delegado Raphael Diniz Garcia determinou a inclusão do veículo no sistema de roubo/furto e durante as investigações os policiais identificaram uma revenda de veículo na cidade de Rondonópolis que estava em posse da camionete.

Questionado, o dono da revenda, relatou que havia comprado o carro pelo valor de R$ 80 mil de uma mulher. O veículo foi apreendido e restituído ao proprietário legal.

A vítima, que teve o veículo subtraído no golpe, trabalha como pedreiro e recebeu a camionete como pagamento em uma venda de um lote em Água Boa. Ele só decidiu vender o veículo devido o seu alto valor, e ficou muito emocionado com a notícia da recuperação da camionete.

As investigações seguem em andamento com objetivo de identificar e prender os autores dos crimes em questão, a fim de garantir a aplicação de lei penal.

 
Cuiabá MT, 21 de Junho de 2024