Cuiabá, 23 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 11:00 - A | A

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 11h:00 - A | A

ELEIÇÕES 2024

Botelho lista oito possíveis nomes para ser seu vice; veja lista

Da Redação

O pré-candidato à prefeitura de Cuiabá, Eduardo Botelho (União), listou alguns nomes que poderão compor sua chapa como vice nas eleições deste ano. Botelho afirmou nesta quarta-feira, 22 de maio, que o governador Mauro Mendes (União), que é presidente do União Brasil, terá peso na escolha.

Em uma possiblidade de repetir o mesmo partido que ocupava o cargo de vice-governador de Mauro Mendes, Botelho citou três nomes do Republicanos. São eles o presidente da Fecomércio Jose Wenceslau Souza Junior, a vereadora Maysa Leão e o médico Marcelo Santrin, que também é cogitado para a Secretaria de Saúde, em uma eventual vitória do hoje presidente da Assembleia Legislativa.

Em uma possiblidade de ‘chapa pura’, os nomes da ex-interventora da Saúde de Cuiabá, Danielle Carmona, e da deputada federal Gisela Simona também foram mencionados. Ambas são do União Brasil e têm grandes possiblidades de serem escolhidas.

Na lista dos sem partidos, foram mencionados os nomes da tenente-coronel da Hadassa Suzannah Beserra de Souza e da coronel Grasielle Bugalho, secretária de Estado de Assistência Social.

O ex-deputado federal Victório Galli (PRD), que é amigo do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), também foi citado. A chapa de Botelho pode ganhar um nome conservador, de olho no eleitorado Bolsonarista.

“Tem vários nomes que foram colocados, Júnior Verdão, Marcelo Sandrin, Daniella Carmona, Maísa, Grazi, Victório Gali, Hadassa, todos foram colocados, são nomes bons aí. Vou escolher aquele que o povo entende que é o melhor”, disse.

Botelho disse ainda que Mauro Mendes terá ‘peso’ na escolha de seu vice. Mendes prefere deixar a definição do nome para agosto, nas vésperas do início da campanha eleitoral.

“A questão da vice é uma discussão que o governador quer que seja feita no final de agosto, próximo das convenções, e eu acho que ele está certo. Tem uns nomes que estão sendo colocados, deixa a população ir vivendo isso, quem foi lá na frente nós vamos discutir”, afirmou Botelho.

 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 23 de Junho de 2024