Cuiabá, 30 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Quarta-feira, 13 de Março de 2024, 10:47 - A | A

Quarta-feira, 13 de Março de 2024, 10h:47 - A | A

PENSANDO NO FUTURO

Janaina diz que MDB vai se reestruturar após "página amarga" da gestão Emanuel

Da Redação

A deputada estadual Janaina Riva (MDB) informou à imprensa sobre os problemas atuais do partido e que, após passar pela "página amarga" da gestão Emanuel Pinheiro, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) terá que se reestruturar. Nesta quarta-feira, 13 de março, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), a parlamentar também revelou que o presidente nacional do partido, Baleia Rossi, deseja lançar a candidatura do partido em Cuiabá.

"Depois das eleições, a gente vai ver quem estava do lado certo e com o diretório estadual do MDB. Nós vamos buscar exercer todo o nosso direito e recuperar o MDB em Cuiabá. E aí, em outro cenário, sem o Emanuel como prefeito de Cuiabá, isso é uma convicção, né? Não sei se ele aguenta até o final do ano, mas vamos trabalhar depois para reestruturar o partido e virar essa página amarga que mancha a história do MDB em Cuiabá", disse.

Apesar de Janaina afirmar que a reestruturação do MDB terá início após as eleições, o MDB aproveitou a abertura da janela partidária para filiar alguns integrantes em outros partidos alinhados ao Movimento Democrático Brasileiro.

"A gente está transferindo todos os nossos candidatos comprometidos com Cuiabá do MDB para partidos que têm compromisso com o avanço de nossa capital. [...], mas todos vão sair do partido e nós vamos trabalhar para formar uma bancada de vereadores realmente comprometida com Cuiabá e não com o prefeito", explicou.

Assim como outros deputados integrantes do MDB estadual, Janaina já afirmou em outras oportunidades que não irá apoiar o candidato do próprio partido à Prefeitura de Cuiabá, mesmo com o presidente nacional Baleia Rossi afirmando que o partido precisa de um candidato na disputa.

Janaina explica que o MDB municipal só vai lançar a candidatura em Cuiabá porque nenhum outro partido aceita o apoio do MDB após as polêmicas envolvendo o prefeito Emanuel Pinheiro.

"Eles vão tentar uma candidatura própria [Sem apoio do MDB estadual], porque ninguém quer o apoio deles, né? Então a situação deles é essa, agora é, a gente já disse isso, o diretor estadual não vai mais intervir na municipal, não tem porque fazer isso. Nós estamos acompanhando a pré-candidatura do Botelho [Eduardo Botelho (União Brasil)]", disse.

VEJA O VÍDEO: 

 

 
 
Cuiabá MT, 30 de Maio de 2024