Cuiabá, 22 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Sexta-feira, 04 de Junho de 2021, 10:59 - A | A

Sexta-feira, 04 de Junho de 2021, 10h:59 - A | A

SEMENTES DE DISCÓRDIA

"Jayme e Júlio admiram mais minha gestão que a do Mauro", brinca Emanuel

Aproveitando a conversa com jornalistas para cutucar mais uma vez o governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) disse na última quarta-feira (2) que os irmãos Jayme e Júlio Campos, quadros importantíssimos do Democratas, admiram mais a gestão da prefeitura de Cuiabá do que o trabalho desenvolvido no governo do Estado.

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias em tempo real (clique aqui).

Aproveitando a conversa com jornalistas para cutucar mais uma vez o governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) disse na última quarta-feira (2) que os irmãos Júlio e Jayme Campos, quadros importantíssimos do Democratas, admiram mais a gestão da prefeitura de Cuiabá do que o trabalho desenvolvido no governo do Estado.

Emanuel confirmou que manteve conversas com o senador Jayme Campos em uma sondagem para que se juntasse ao Democratas, mas diz que não houve um ‘pedido oficial’ e formal.

“Jayme e Júlio são entusiastas da minha gestão. São mais entusiastas da gestão Emanuel do que da gestão do Estado, até porque não existe né? Então, aqui em Cuiabá, as coisas acontecem. Eles sempre são entusiasmadíssimos e estão sempre apresentando ideias pra mim e para Emanuelzinho”, disse, citando seu filho, o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto (PTB).

Emanuel conta que também ofereceu a Jayme a possibilidade de uma aliança entre o DEM e o MDB na capital, abrindo inclusive a possibilidade de uma secretaria para o partido. Contudo, avalia que existe ‘um problema de composição política’ que acabaria dificultando a união. Ainda assim, Emanuel garante que o senador “gostou da ideia”.

Durante a conversa, Emanuel lembrou ainda que tem uma ‘relação história’ com o partido dos irmãos Campos, que se chamava Partido da Frente Liberal (PFL) antes de virar DEM. Foi no PFL que o atual prefeito se elegeu vereador de Cuiabá por duas vezes, além de conquistar dois mandatos de deputado estadual e disputar sua primeira eleição de prefeito, em 2000.

Mesmo com tanto amor declarado ao PFL, hoje DEM, Emanuel garante que nem pensa em sair do MDB no momento.

“Mas também não descarto um dia voltar para o meu ninho. Não sei... por ora não penso em deixar o MDB. Eu busco resgatar a história do MDB e fazer com que os ideais do Bezerra no MDB voltem a prevalecer e tenhamos um partido de filiados, militantes, parlamentares e prefeitos, toda a força política do partido sintonizada com as ruas, com o compromisso popular, e não o compromisso com esse ou aquele governador”, disse, defendendo um afastamento entre o MDB e o DEM em nível estadual.

Cuiabá MT, 22 de Julho de 2024