Cuiabá, 22 de Maio de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Segunda-feira, 08 de Janeiro de 2024, 07:04 - A | A

Segunda-feira, 08 de Janeiro de 2024, 07h:04 - A | A

NOVELA ELEITORAL

Russi nega acerto para apoiar Garcia em Cuiabá e só definirá apoio em fevereiro

Da Redação

Presidente do PSB em Mato Grosso, o deputado estadual Max Russi afirmou que seu partido ainda não fechou apoio a nenhum pré-candidato a prefeito em Cuiabá. A fala de Max é uma resposta a uma manifestação recente do deputado Beto Dois a Um (PSB), que já teria antecipado seu apoio à pré-candidatura de Fábio Garcia.

Em conversa com jornalistas na manhã desta sexta-feira, 5 de janeiro, Russi enfatizou que a decisão sobre o apoio do partido será tomada em conjunto, mais à frente. Ele reconheceu que Beto tem liberdade para apoiar quem quiser, mas deixou claro que a posição partidária precisa ser definida em conjunto com as demais lideranças do PSB.

“Não tá fechado com ninguém, nós nem conversamos com o Fábio, nem com ninguém. Aí é opinião pessoal do Beto. O deputado tem opinião pessoal dele, o mandato dele, a defesa dele. Dentro do partido, quem manda não é o Max, não é o Beto, não é Allan, não é Fabinho... é um coletivo”, enfatizou.

Segundo Max, o PSB ainda não iniciou tratativas com nenhum partido ou pré-candidato. O alinhamento do partido para as eleições de 2024 em Cuiabá deve ser definido em uma reunião que acontecerá até o mês de fevereiro.

“Nem abrimos negociação, nem estamos conversando sobre isso ainda. Nós vamos conversar, vamos reunir o partido, provavelmente lá em fevereiro, para definir as composições. Hoje não tem nada alinhado em termos de apoio”, concluiu.

No começo do ano passado, Russi chegou a convidar o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (União), para ser o candidato do PSB à Prefeitura de Cuiabá. Isso porque Botelho vive uma indefinição dentro do União Brasil, disputando a preferência interna com o secretário-chefe da Casa Civil, Fábio Garcia. A indefinição persiste e Botelho tem procurado uma nova casa, mas tudo indica que não será no PSB.

Em entrevistas mais recentes, Russi já descartou a possibilidade de disputar a Prefeitura da capital e afirmou que o PSB deve se concentrar em ampliar sua participação na Câmara de Vereadores, com objetivo de eleger quatro parlamentares em 2024.

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Cuiabá MT, 22 de Maio de 2024