Cuiabá, 21 de Junho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Política Terça-feira, 04 de Outubro de 2022, 14:13 - A | A

Terça-feira, 04 de Outubro de 2022, 14h:13 - A | A

SEGUNDO TURNO

VÍDEO: Mauro reafirma apoio a Bolsonaro e avisa: "não faremos uma campanha com ataques"

Da Redação

O governador reeleito Mauro Mendes (União) reafirmou que apoiará o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, no segundo turno da eleição deste ano. Em entrevista à CNN Brasil nesta terça-feira, 4 de outubro, Mendes destacou que não há motivos para que pudesse “mudar de lado” nesta etapa do pleito e comentou que pretende pedir votos a Bolsonaro sem atacar seu adversário, Lula (PT).

“Eu apoiei o presidente Bolsonaro no primeiro turno, não tenho nenhum motivo para mudar de lado de um primeiro para o segundo turno. Eu tenho um pouquinho de experiência apenas com a política, mas eu já participei de um segundo turno quando fui candidato a prefeito aqui da nossa capital, a cidade de Cuiabá. O segundo turno é uma eleição muito diferente, tem obviamente uma pré-disposição de quem votou no candidato A no primeiro turno votar no mesmo candidato, mas todo mundo vai prestar mais atenção no candidato”, disse.

 

Mauro comentou que, pelo cenário eleitoral estar mais limpo, sem outras disputas de cargos proporcionais e majoritárias, a atenção estará voltada aos candidatos. Ele ainda reforçou que fará uma campanha a Bolsonaro mostrando seus predicados, sem ofender seu opositor.

“A qualidade do candidato, da comunicação que ele vai implementar, tudo isso vai ajudar muito. O nosso caso aqui, vamos continuar mantendo apoio, respeito ao outro lado, não faremos uma campanha com ataques”, ressaltou.

“Eu acho que a gente tem que ter qualidades e predicados suficientes no seu candidato para você pedir voto, defender a permanência dele, sem precisar atacar o outro lado, mostrando pontos negativos. Pelo menos essa será a minha estratégia e vou continuar aqui pedindo voto, apoiando o presidente Bolsonaro”, destacou.

Segundo turno 

Bolsonaro e Lula se enfrentaram no segundo turno das eleições no dia 30 de outubro. No primeiro turno, Lula teve 57.259.504 votos (48,43% total) e Bolsonaro obteve 51.072.345 (43,20% do total).

 

 
 
 
 
Cuiabá MT, 21 de Junho de 2024