Cuiabá, 13 de Julho de 2024
Icon search

CUIABÁ

Cidades Sexta-feira, 23 de Abril de 2021, 17:08 - A | A

Sexta-feira, 23 de Abril de 2021, 17h:08 - A | A

REFORÇO

AL e Prefeitura de Cuiabá abrem novo polo de vacinação

Gabriel Soares e Jefferson Oliveira
Editor-Chefe | Repórter | Estadão Mato Grosso

Um novo posto de vacinação em Cuiabá foi aberto na tarde desta sexta-feira (23), em uma estrutura montada no Teatro Zulmira Canavarros, anexo à Assembleia Legislativa de Mato Grosso. O espaço começa a funcionar efetivamente neste sábado (24).

- FIQUE ATUALIZADO: Entre em nosso grupo de WhatsApp e receba as notícias em tempo real (clique aqui).

A abertura do novo polo de vacinação faz parte de uma parceria entre o Legislativo estadual e a Prefeitura. A Assembleia irá fornecer toda a estrutura física, que inclui tendas climatizadas, espaço para o repouso pós-vacina e até mesmo servidores do Qualivida, do ambulatório da AL, que conta com profissionais de saúde e ambulância.

“Estamos em parceria com a Assembleia Legislativa hoje, abrindo mais um ponto de vacinação, que vai ajudar a acelerar a vacinação da população cuiabana. Se tiver vacina, vamos fazer corujão, como quer o Max [Russi, presidente da Assembleia]. Vamos vacinar 24 horas. Não vamos parar um minuto”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).

O deputado Max Russi (PSB) afirmou que a Assembleia deverá manter o ponto de vacinação por até quatro meses, até que a capital receba quantidade suficiente de vacinas para levar a campanha até os bairros. A parceria inclui a pretensão de instalar o 'Corujão da Vacinação' no local

“Já fizemos uma proposta junto ao prefeito para que possamos vacinar a população no período noturno, atendendo quem trabalha durante o dia e tem dificuldades de sair do trabalho. Tudo foi montado com recursos da Assembleia”, afirmou.

Emanuel reconheceu que há necessidade de ampliar a descentralização, mas destacou que é preciso ter garantia de que haverá vacinas suficientes para tal. Ele também criticou os problemas de logística do governo federal, pois a Prefeitura não é informada antecipadamente sobre os novos lotes que serão enviados. Segundo ele, isso atrapalha o planejamento e acaba comprometendo a eficiência da vacinação.

Apesar disso, Emanuel afirmou que não pretende utilizar as vacinas destinadas à segunda dose para acelerar artificialmente os dados de aplicação da vacina.

“Aqui em Cuiabá, quem vacinou a primeira dose pode dormir. Se for Coronavac, daqui a 28 dias pode ir lá que você vai tomar a segunda dose. Não existe a menor possibilidade. [...]Não estamos estocando, estamos cuidando daquilo que não me pertence. A sua vacina não está escondida, está guardada para você, porque é seu patrimônio”, concluiu.

Durante a inauguração, houve a vacinação de alguns policiais. A primeira imunizada foi Elisabete de Moraes Medeiros, que atua na Coordenadoria Militar do Legislativo.

Além do novo posto na Assembleia, Cuiabá também mantém postos de vacinação no Centro de Eventos do Pantanal, Sesc Balneário, Sesi Papa (drive-thru) e UFMT (drive-thru).

Cuiabá MT, 13 de Julho de 2024